Ação judicial obriga Estado a disponibilizar mais ortopedistas em hospital

ortoprdistaO Poder Judiciário Sergipano deferiu os pedidos liminares do Ministério Público Estadual, contidos na Ação Civil Pública ajuizada em face do Estado de Sergipe e da Fundação Hospitalar de Saúde, tendo em vista o número insuficiente de médicos ortopedistas no Hospital de Urgência de Sergipe – HUSE.A Curadoria da Saúde, por intermédio da Promotora de Justiça Dra. Euza Missano, requereu a liminar a fim de que o Estado de Sergipe oferecesse um número suficiente de médicos ortopedistas.

A falta destes profissionais afeta o atendimento de pacientes no Pronto Socorro e resulta em filas de pacientes esperando cirurgias que deveriam ser feitas com urgência.

A Juíza de Direito, Dra. Simone de Oliveira Fraga, confirmou a antecipação de tutela anteriormente deferida e condenou o Estado de Sergipe a Obrigação de Fazer para providenciar a formação escala de médicos ortopedistas do HUSE completa com no mínimo 03 profissionais por plantão, no serviço de urgência e emergência do Pronto Socorro e 02 no Centro Cirúrgico.

A Magistrada determinou, ainda, que tais escalas sejam divulgadas em local acesso ao paciente e acompanhante.

Imagen: http://www.mp.se.gov.br/NoticiaExibir
 Por:Coordenadoria de Comunicação – MP/SE

Deixe uma resposta