Acusados de furto são detidos instantes após delitos na capital

Durante os dias 10 e 14 de fevereiro, quatro homens foram detidos por furto qualificado e outro por tentativa do mesmo crime. Os casos ocorreram em diferentes localidades da capital. As ocorrências foram encaminhadas às delegacias plantonistas.

No sábado (10), uma guarnição da Polícia Militar recebeu um chamado do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para atender a uma ocorrência no Centro. Quando a equipe chegou, encontrou um homem que já estava contido por populares, que informaram que ele teria violado um veículo, logo após ter adentrado um carro na casa vizinha. O acusado apresentava alguns ferimentos e, após ser conduzido a uma unidade de saúde, foi encaminhado à Delegacia Plantonista Sul.

Já na madrugada da segunda-feira (12), uma equipe policial deteve três homens após furto de uma quantidade em dinheiro de um estabelecimento comercial no Bairro Santos Dumont, na Zona Norte da Capital. De acordo com as informações, o proprietário foi informado da invasão e, ao chegar ao local, encontrou cadeados cortados e uma porta arrombada. O trio foi preso e encaminhado à Delegacia Plantonista Norte.

 

Durante a madrugada da quarta-feira (14), no final de uma festa carnavalesca na região central da capital, um homem foi detido após ter furtado uma corrente. Os policiais militares foram avisados e conduziram o acusado à Delegacia Plantonista Sul.

 

Tentativa de furto

Já na noite do domingo (11), uma igreja evangélica localizada na região central da capital foi alvo de uma tentativa de furto. Ao receberem um telefonema da empresa de segurança, os responsáveis seguiram para o local. Ao chegarem ao templo perceberam que a porta da frente estava arrombada e que no interior da igreja havia uma luz acesa. Ao escutarem um barulho saíram do local, acionaram a polícia e aguardaram do lado de fora. O homem ainda tentou fugir mas foi contido pelo segurança. No momento da tentativa de fuga o acusado não se encontrava com nenhum objeto, mas foi constatado que havia separado alguns materiais da igreja. O caso foi conduzido à Delegacia Plantonista Sul.

Fonte: SSP/SE

Reprodução: www.imprensa1.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*