“Caso o dinheiro não seja investido na recuperação da malha viária, vou procurar a Justiça”, diz Maria Mendonça

Diante do pedido de alteração na redação do Projeto de Financiamento para recuperação das rodovias estaduais, a deputada Maria Mendonça (PP), manteve o voto pela aprovação da operação de crédito no valor de R$ 560 milhões, mas advertiu que o Governo poderá ser acionado judicialmente, se não cumprir o que está previsto na propositura. “Caso o dinheiro não seja investido na recuperação da malha viária, vou procurar a Justiça para fazer valer o direito do contribuinte sergipano”, avisou a deputada durante a votação do Projeto de Lei (PL) nº 224, que altera dispositivos da Lei 8.300/2017, na sessão desta quarta-feira (6).

Na discussão da propositura, a deputada buscou esclarecimentos quanto às modificações solicitadas pelo Executivo e justificou que “diante da Resolução do Conselho Monetário Nacional, posterior à aprovação do Projeto, manterei meu voto pela sua continuidade”. Maria lembrou que, assim como na primeira votação, dada à urgência do problema, não seria coerente inviabilizar a liberação dos recursos, considerando ainda que “há anos venho cobrando nesta Casa, veementemente, a recuperação das nossas estradas”.

Segundo Maria, não é justo que “a população continue trafegando em rodovias mal conservadas, sendo exposta ao risco de morte pela falta de sinalização, de acostamento e pavimentação adequada”.  A execução do programa de infraestrutura, reforçou Maria Mendonça, será alvo de seu acompanhamento cuidadoso “para saber se, de fato, os recursos serão aplicados para melhorar a malha viária do nosso Estado que está numa situação deplorável, ceifando vidas”.

Por Assessoria Parlamentar

Reprodução: www.imprensa1.com

Foto: Jadílson Simões

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*