Corpo de bebê some da maternidade e família fica sem fazer sepultamento

bEBE-SOMEApós ser diagnosticada que o bebê já estaria morto dentro da barriga da mãe, a maternidade Nossa Senhora de Lourdes realizou o parto. Mas, o que ninguém imaginaria aconteceu ! …“ O corpo do bebê desapareceu do necrotério”.O senhor Edvaldo da Graça, de 28 anos, pai da criança que nasceu morta no último dia 17, só soube do ocorrido na manhã desta terça-feira, dia 23, quando procurou retirar o corpo do bebê da maternidade a fim de providenciar o sepultamento.

Ao ser entrevistado pelo repórter Marcos Couto da rádio Liberdade FM (Programas Liberdade News e Liberdade Sem Censura), o senhor Edvaldo contou que só descobriu que seu filho não era o que a maternidade queria lhe dar porque havia tirado algumas fotos pelo celular da criança, quando sua esposa a senhora Maria Rejane Alves de Oliveira, de 24 anos , tinha tirado o filho morto da barriga.

maternidade“Quando olhei vi logo que não era o meu garoto, e para minha sorte as fotos que eu tinha tirado me ajudaram a fazer a comparação e ter a certeza, queria me dar gato por lebre, minha criança era do sexo masculino e queriam que eu ficasse com uma de sexo feminino, que estava até sem identificação”, explica o pai.

Ainda segundo o pai da criança, todos no município de Japaratuba estavam aguardo o corpo do seu filho para o sepultamento, o que não aconteceu. “ Eu tive que ficar das 10 da manhã até as 19h30, dessa terça-feira e nada foi resolvido”, disse o senhor Edvaldo .

Ainda dentro do Programa Liberdade News e do Sem Censura, o pai da criança foi orientado a se reunir com o Procurador Geral da Fundação Hospitalar de Sergipe Carlos Diego de Freitas, na manhã desta quinta-feira, dia 25. E ao participar dos programas da Rádio Liberdade, o procuradou externou sua solidariedade à família do senhor Edvaldo, e disse também, que a Fundação Hospitalar de Saúde já está sendo abrindo um processo administrativo para apuração do caso. A qualquer momento, outras informações.

Por: Li santos/ Imprensa1

Deixe uma resposta