Diretoria reeleita do SINDIJOR-SE toma posse

sindijor-posse-jornalistas-sergipeReeleito com mais de 95% dos votos nas eleições que ocorreram em agosto, o jornalista Paulo Sousa foi empossado na Presidência do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE). A solenidade de posse da nova Diretoria aconteceu na noite da sexta-feira (16), no auditório da sede da entidade sindical.

Com auditório lotado por jornalistas, profissionais da comunicação, representantes de empresas de comunicação e sociedade civil organizada, também foram empossados os novos membros da Direção Executiva, Conselho Fiscal, Comissão de Registro e Fiscalização Profissional e da Comissão de Ética, Direitos Humanos e Liberdade de Expressão.

Representando a Central Única dos Trabalhadores em Sergipe (CUT-SE), o vice-presidente Plínio Pugliese destacou a força do SINDIJOR em Sergipe e sua importância para a comunicação sergipana.

sindijor-posse-jornalistas-sergipe-paulo-souza“Nos últimos anos o SINDIJOR tem ganhado destaque na sociedade sergipana por sua forte atuação na área da comunicação, principalmente, mas também por defender temas importantes para Sergipe e o Brasil. E a prova da grande representatividade que tem hoje o SINDIJOR é a presença de vários seguimentos da sociedade nesta solenidade. Nós da CUT temos muito orgulho em ter o Sindicato dos Jornalistas como um dos nossos filiados. Sua presença só tem a engrandecer e fortalecer a nossa Central”, destacou.

O empresário Albano Franco, diretor-presidente da Rádio, TV e do Portal G1 Sergipe, e membro da Direção do Sindicato das Empresas de Comunicação de Sergipe, reconheceu o bom trabalho realizado pelo SINDIJOR e o respeito nas negociações coletivas.

“Eu não poderia deixar de prestigiar a posse desta Diretoria, que, aliás, reconheço que deu uma cara nova ao SINDIJOR, que é a entidade de classe que representa os nossos jornalistas e o Jornalismo em nosso estado. O SINDIJOR cresceu muito graças ao empenho e determinação do jornalista Paulo Sousa e seus diretores, que são combativos, fiscalizadores da profissão, mas que sempre tiveram um comportamento ético, respeitoso e de muito diálogo com as empresas. Por isso, meus parabéns a nova Diretoria e que no diálogo todos nós possamos avançar ainda mais em nossas lutas”, reconheceu.

O diretor e presidente da Secretaria de Registro e Fiscalização Profissional, Joedson Telles, enfatizou o importante trabalho da Secretaria de Fiscalização no combate ao exercício ilegal da profissão.

“A nossa reeleição é o reconhecimento da categoria pelos serviços que a Diretoria prestou nesses primeiros três anos a frente do SINDIJOR. E uma das principais reivindicações da nossa classe é o combate ao exercício irregular da profissão. Enquadramos muitas empresas de comunicação, tanto na área particular como na pública, inclusive aplicando multas. E assim vamos continuar agindo, reforçando esta fiscalização para que o jornalista que ralou no mínimo quatro anos na faculdade tenha o seu espaço garantido e não invadido por quem não é habilitado para exercer tal profissão”, garantiu.

Para Edmilson Brito, reeleito vice-presidente, o momento agora é de agradecimento, mas também de muito trabalho.

“Agradeço a todos os colegas que compareceram às urnas para depositar mais uma vez o voto de confiança em nossa chapa. Agora é seguir em frente e trabalhar com toda a determinação possível para avançarmos ainda mais. A reeleição só aumenta a nossa responsabilidade junto à categoria e à própria sociedade”, pontuou.

O presidente reeleito Paulo Sousa ressaltou a importância da união da categoria para fortalecer a profissão, e agradeceu a participação espontânea dos jornalistas nas eleições.

“Agradeço a todos os jornalistas que votaram em nossa chapa, que confiaram em nossas propostas, mas também o reconhecimento da união da categoria que fez com que conseguíssemos avançar em nossa primeira gestão. Também não posso deixar de agradecer aos colegas jornalistas que fizeram parte da primeira gestão e que também contribuíram para o sucesso do nosso mandato sindical. Temos plena convicção que unidos seremos cada vez mais fortes”, reconheceu Paulo, acrescentando que o SINDIJOR além de lutar pelo fortalecimento do Jornalismo, também tem a missão de defender temas nacionais, como a democracia, principalmente nos momentos em que ela se vê ameaçada.

“Defender a democracia não é defender o vandalismo, mas a indignação de um povo perseguido e maltratado por governos tidos como democratas, mas que na sua essência carregam a tatuagem da ditadura. Como diz o filósofo Geog Lichtenberg: “quando os que comandam perdem a vergonha os que obedecem perdem o respeito”. Portanto, que respeitemos pra sermos respeitados”, conclui.

Propostas

Entre as propostas alcançadas no primeiro mandato, a Diretoria do SINDIJOR conquistou, entre outras reivindicações, a conquista da sede própria, que foi totalmente reformada e ampliada; a inclusão na Convenção Coletiva de Trabalho da obrigatoriedade das empresas oferecerem aos jornalistas planos médico e odontológico; institucional obrigatório em todos os veículos de comunicação de mensagem do SINDIJOR no Dia do Jornalista; reforço ao combate ao exercício irregular da profissão, exigindo que o espaço que pertence ao jornalista seja ocupado apenas por ele, com isso, inserindo mais jornalistas no mercado de trabalho, principalmente no rádio, TV, em portais de notícias e nas assessorias de imprensa e comunicação; criação dos prêmios Setransp e Sincor de Jornalismo e, em breve, a mais nova premiação, o Prêmio OAB Direitos Humanos de Jornalismo; reajuste salarial acima do índice inflacionário, e negociação com a Rádio e TV Aperipê para realização de concurso público para jornalistas, entre outras medidas de proteção e valorização dos jornalistas.

Presenças

A posse da nova Diretoria, que foi renovada em média em 20%, foi prestigiada por jornalistas, profissionais da comunicação, empresários de empresas de comunicação e representantes sindicais e da sociedade civil organizada, como CUT, OAB, Igreja, Fórum em Defesa da Grande Aracaju, entre outros.

 

Reprodução: www.imprensa1.com

Por: Ascom /SINDIJOR-SE <sindijor@infonet.com.br>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*