Em Sergipe greve dos servidores do IBGE chega ao 4º dia

braos-cruzados

braos-cruzadosOs servidores do Instituto Brasileiro Geográfico e Estatística (IBGE) continuam de braços cruzados por tempo indeterminado.

A greve iniciada no último dia 05 de julho é devido a uma extensa pauta de reivindicação da categoria, a exemplo da falta de condições de trabalho, realização de concurso público, e a reposição das perdas salariais que chega aproximadamente a 22%.

guiomarNa manhã desta segunda-feira, dia 09, ao conceder uma entrevista a Rádio Liberdade FM e ao site Imprensa1, um dos diretores do ASSIBGE, Sra. Guiomar Lopes da Cunha, avaliou como positivo o movimento grevista, que nesta segunda-feira, chegou ao seu 4º de greve geral.

“Estamos em todo o pais engajados nesta luta, mais não podemos esconder a nossa preocupação quanto às perdas salariais”, alerta a sindicalista.

“Porque se até o final desde mês de julho de 2102, não constar no projeto do Orçamento da União que irá para votação até o fim do mês, ficaremos mais uma vez no prejuízo, ou seja, só teremos aumento salarial só em 2014”, explica Guiomar.
IBGE-em-grevebraos-cruzados 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*