Espanha tem 1,7 milhão de famílias inteiras desempregadas, diz instituto

espanha

espanhaA taxa de desemprego da Espanha subiu no segundo trimestre, com a recessão da quarta maior economia da zona do euro resultando em perdas de postos de trabalho, embora em um ritmo menos acelerado que nos trimestres anteriores.A taxa de desemprego no país subiu para 24,63% ante os 24,44% reportados no primeiro trimestre, de acordo com dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Há no país 1.737.600 famílias em que todos os membros da casa estão desempregados, segundo os dados do INE. Entre os jovens, o desemprego está em 53,3%.

A Espanha sofre com o colapso do setor imobiliário e com os fortes cortes dos gastos do governo, na tentativa de conter o déficit do país. A taxa de desemprego da zona do euro é a maior da zona do euro.

Entre os homens, a taxa de desemprego subiu um pouco e chegou a 24,57%, enquanto entre as mulheres ela teve leve recuo, para 24,71%.

Fonte:
http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/valor/2012/07/27/desemprego-chega-a-2463-no-segundo-trimestre-na-espanha.jhtm
Saiba mais clicando aqui!

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*