Exército destrói 31 armas recolhidas pelo Comitê do Desarmamento

Escoltada pelo Grupamento Especial de Repressão e Busca (Gerb), a equipe do Comitê Estadual do Desarmamento de Sergipe transportou e acompanhou a destruição de 31 armas – a maioria revólveres – na 2ª Companhia de Suprimento do 6º Depósito do Exército no município baiano de Alagoinhas. A ação aconteceu nesta terça-feira (9). Os armamentos inutilizados foram entregues de forma voluntária pela população durante todo o ano passado.

De acordo com o perito criminal Nailson Correia, que é membro do Comitê Estadual do Desarmamento e acompanhou o transporte e destruição das armas, desde 2011, graças ao trabalho de conscientização que vem sendo desenvolvido pela equipe do Comitê e pela delegada Meire Mansuet, que é coordenadora do Desarme-SE, mais de 2 mil armas foram entregues de forma voluntária. “Isto é motivo de satisfação, pois cada arma recolhida representa mais vidas salvas. São quase 300 armas recolhidas por ano”, destacou o perito.

No caso da entrega voluntária da arma de fogo, se ela não possuir restrição no Sistema Nacional de Armas (Sinarm), que é o órgão que registra e cataloga as procedências das armas de fogo, a pessoa é anistiada pelo porte ilegal e tem o direito a uma gratificação que varia de R$ 150 a R$ 450, a depender do estado, procedência e status do armamento entregue.

 

Fonte: SSP/SE

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*