Motorista do deputado Valadares Filho é preso em Brasilia na operação “Delivery”

A Polícia Civil do Distrito Federal através do Departamento de Polícia Circunscricional (DPC) em conjunto com todas as delegacias regionais, desencadeou na manhã desta terça-feira, dia 06, a operação denominada “Delivery” com o objetivo de combater o tráfico de drogas durante o período do carnaval 2018, no Distrito Federal.

Com o apoio de cães farejadores e o helicóptero da instituição, cerca de 300 policiais deram cumprimento a 28 mandados de prisão e 35 de busca e apreensão nas residências dos acusados, entre eles o assessor parlamentar do deputado federal por Sergipe, Valadares Filho, de nome: “Daniel Lourival Azevedo”, que exercia a função de  motorista, com uma remuneração de aproximadamente R$ 6 Mil Reais.

Ao ter conhecimento do fato, o parlamentar sergipano, Valadares Filho (PSB), já pediu ao seu gabinete que exonerasse imediatamente o assessor preso pela Polícia Civil. Ainda de acordo com uma fonte do Portal Imprensa1, uma estagiária do Ministério Público Federal ( MPF) que trabalhava no setor de combate as drogas, também foi presa na operação.

A OPERAÇÃO

As investigações começaram a cerca de um ano, onde o foco dos traficantes era a classe média que frequentava a Esplanada dos Ministérios, onde eram vendidas as drogas de variados tipos.

Por volta das 09h da manhã, o saldo parcial da operação em oito regiões do DF  foi de: 20 pessoas presas e 02 conduzidas para averiguações, 3 quilos de Haxixe e 1.500 gramas de cocaína.

Por: www.Imprensa1.com

Foto : VINÍCIUS SANTA ROSA/ESPECIAL PARA O METRÓPOLES (/www.metropoles.com/)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*