O que é o evangelho?

cruz-slideVejo que algumas igrejas dizem pregar o evangelho. Outros querem pregar o evangelho, inclusive em outros países. Porém, o que é o evangelho? De nada adianta querer ir para um outro país, outra nação para levar o evangelho, se não o conhecemos profundamente para apresentá-lo.

O primeiro ponto de qualquer pregação Cristocêntrica é mostrar que todos os homens são pecadores (Rm 3:23) e por causa disto merecem a condenação eterna por terem pecado contra um Deus que é eterno.

Não existe pregação do evangelho com mensagens de auto-ajuda, não há possibilidade de arrependimento para aqueles que querem estar no centro com suas próprias escolhas e vontades.

Para se receber o evangelho, o primeiro passo é reconhecer que está tudo errado. Que nós não somos nada, não temos nada e não podemos nada. Que por causa do nosso pecado e por causa da Justiça de Deus, a nossa condenação é justa.

É isso que merecemos. (Rm 6:23) Porém, eis a boa notícia (evangelho): Jesus Cristo satisfez a justiça de Deus em nosso lugar. (O preço a ser pago pelos nossos pecados seria a condenação eterna, caso precisássemos pagar.

cruzPorém, Deus em sua infinita bondade e misericórdia, olha para nós e nos ama sendo nós ainda pecadores e inimigos dEle. (Rm 5:8) Desta maneira, Jesus vêm ao mundo, assume a forma de servo, porém sendo vero homem e vero Deus (100% homem e 100% Deus), Ele sofre a punição por nossos pecados naquela cruz. Tinha a integridade de Deus, e ao mesmos tempo era um homem que poderia pagar pelos pecados da humanidade.

Na cruz, Jesus levou sobre si todos os nossos pecados. Por isto, diante de Deus, mediante a fé, por causa dos méritos de Jesus, podemos ser justificados (tornados justos), passando a merecer, por causa de Jesus, a salvação.

Jesus morreu pela humanidade. Porém isto não é suficiente. Há uma contrapartida de nossa parte, não estamos todos salvos, já que Cristo morreu na cruz.

A contrapartida é a fé em Cristo Jesus. Esta fé, não é apenas acreditar ou dizer que Ele é tudo. Mas sim, confiar nos méritos de Jesus, se arrepender de todos os seus pecados, abandoná-los e morrer com Jesus naquela cruz.

Assim, podemos também ressuscitar com Ele, nascendo de novo, tendo uma nova vida, e assim, sendo capacitados a fazer boas obras. As boas obras acompanham a salvação, porém não são a causa da salvação e sim consequência.

Não existe fé em Jesus sem obras da fé. Ao mesmo tempo, as obras da lei não podem nos salvar, somente o sacrifício de Jesus naquela cruz. A partir daí, Deus nos capacita a perseverar, a fazer boas obras, a caminhar pela fé, a obedecer às suas palavras. E podemos crescer em intimidade com Ele através da leitura da bíblia, oração em nome de Jesus e jejum (fome por Deus).

Este é o evangelho que deve ser anunciado por onde você for! Pregue este evangelho e não do homem no centro. Evangelho Mentiroso => Deus vai te dar a vitória / Sua vida vai melhorar se entregar pra Jesus / Venha pra igreja que Jesus vai te fazer vencer / Você será um vencedor / Deus vai abençoar todos os seus projetos, etc.

Essas frases são típicas de um evangelho antropocêntrico, ou seja, com o homem no centro. Deus tendo que abençoar seus projetos, mesmo que Ele não os tenha começado. E isto não é verdade. Pelo contrário, quando entregamos nossa vida a Jesus, percebemos o quão distantes estávamos e o quanto precisamos de mudar tudo.

E o cristianismo implica em morte e ressurreição (o poder da ressurreição, mas também significa a participação em seus sofrimentos): Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos. Filipenses 3:10-11

Fonte: http://colunas.gospelmais.com.br/o-que-e-o-evangelho_1797.html

Deixe uma resposta