“Operação Ceres” investiga fraude de quase R$ 150 milhões em Sergipe

Em operação deflagrada no inicio da manhã desta terça-feira, 14, o Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) da Polícia Civil e Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) identificaram possíveis crimes contra a ordem tributária, com fraude no ICMS.

 

 

Na “Operação Ceres”, a deusa do Cereal e da agricultura, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão nas cidades de Itabaiana, Lagarto e Campo do Brito. O objetivo foi a busca e apreensão de mídias e dispositivos eletrônicos que contenham controles de estoque de mercadorias e vendas e documentos que proponham condutas ilícitas.

As investigações levaram à existência de práticas ilegais envolvendo um grupo de empresários, que promove crimes contra a ordem tributária. Há suspeitas de que com os crimes praticados pelos empresários, o estado deixou de arrecadar quase R$ 150 milhões por conta de fraudes para o recolhimento de ICMS.

O nome da Operação: Ceres, a deusa do cereal e agricultura, deve-se ao fato dos investigados comercializarem vários produtos ligados ao ramo agrícola.

 

Fiscal investiga documentos – Imagens SSP/SEFAZ

 

Fonte: SSP/SEFAZ

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*