Polícia de Sergipe prende trio que atirou em uma medica para roubar

A Polícia Civil de Sergipe, por meio da Delegacia Regional de Itabaiana, apresentou nesta quarta-feira, 06, na Sala de Imprensa júlio Cesar, o resultado da investigação sobre um assalto ocorrido no dia 09 de outubro deste ano, que vitimou uma médica. Na ação criminosa, registrada na Avenida Doutor Luiz Magalhães, município de Itabaiana, os acusados ainda atiraram contra a vítima. Ela foi atingida na mão.

Após o fato, as investigações foram iniciadas, resultando nesta terça-feira, 05, na prisão de Diego da Cunha Cardoso Da Silva, o “Carnicinha”, 25, Wendel dos Santos, 26, e o ex-presidiário Thiers Marlon Ribeiro Souza, 28, numa operação coordenada pelo delegado Fábio Santana.

Os acusados que estavam com preventivas decretadas pela Justiça foram presos, sendo que Diego também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Segundo o delegado Fábio Santana, a linha de investigação se confirmou após a prisão dos suspeitos que confessaram toda ação criminosa, “O depoimento do trio, corroborou para que nós concluíssemos a investigação, a mulher de Diego, o Carnicinha, contou para polícia que foi responsável por informar sobre a rotina da médica, o que já estava previsto na investigação”, declarou. O delegado ainda deixou claro que a mulher de Diego inda não foi presa, mas poderá responder pelo crime, junto aos três suspeitos já presos.

Sobre o assalto

O assalto à médica aconteceu no dia 9 de outubro na avenida Dr. Luiz Magalhães. A informação é que a vítima trafegava pela via no veículo Volvo XC50 e, ao parar no semáforo próximo ao Hospital Regional Pedro Garcia Moreno, foi surpreendida por dois homens em uma moto, tendo um deles efetuado um disparo que atingiu a janela do carro e alvejou a médica na mão. Quando o sinal abriu, a vítima seguiu em direção ao hospital na tentativa de conseguir ajuda, mas foi perseguida pelos criminosos, que aos gritos exigiram que ela entregasse a bolsa. Depois que a vítima entregou os pertences, a dupla fugiu.

O caso foi comunicado à polícia e a equipe da Delegacia Regional de Itabaiana iniciou as investigações. Com o apoio da comunidade que passou informações de forma anônima e através da análise de imagens de câmeras de segurança, os policiais chegaram à identificação e prisão dos suspeitos. Pelo que ficou esclarecido, Diego conduzia a moto, enquanto Wendel estava na garupa e efetuou os disparos contra a médica. Já Thiers, que é primo da companheira de Wendel, teria sido o responsável por articular a ação criminosa. Thiers é ex-presidiário e respondeu a processo por latrocínio. Enquanto Diego e Wendel respondem a processos por tráfico.

Reprodução:www.imprensa1.com

Por: Ascom da SSP-SE

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*