Polícia prende o último acusado de assassinar mulher em Laranjeiras

ronaldoA Polícia Civil da cidade de Laranjeiras, sob o comando do delegado Ronaldo Marinho, realizou na madrugada desta quinta-feira, 27, a prisão de mais um acusado de participação em latrocínio ocorrido no 28 de novembro deste ano na cidade de Pedra Branca, que teve como vítima uma profissional do sexo. 

Paulo Ricardo dos Santos, 26 anos, foi surpreendido pelos policiais no município de Nossa Senhora do Socorro. “Ele foi surpreendido quando estava na casa de parentes. Com essa prisão encerramos o caso”, destacou Marinho. 

No último dia 13, a polícia apresentou Eduardo Santos, 27 anos, conhecido como “Burro Falante”, Gilson dos Santos, “O Banana” e o travesti Sinvaldo dos Santos Dantas, 29, conhecido como Claudete. 

Segundo o delegado Ronaldo Marinho, o grupo, além de cometer o homicídio, é acusado de explorar a prostituição da vítima e de uma outra mulher, de 26 anos, e também de roubá-las e estuprá-las na mesma madrugada do assassinato. “Três dos homens, são acusados de praticar há algum tempo o rufianismo, que seria a exploração econômica de prostituição”, explicou o delegado. 

Crime 

Foi apurado durante a investigação que, na noite de 27 de novembro de 2012, Adriana e a amiga fizeram programas sexuais, durante os quais elas furtaram dinheiro de um cliente. Na oportunidade, Sinvaldo foi quem informou o furto a Eduardo, Gilson e Paulinho, sabendo que estes exigiriam que as mulheres lhes entregassem os R$ 100,00 furtados, além dos R$ 10,00 cobrados por elas por cada programa. 

“Elas se negaram a repassar o dinheiro ‘extra’ e foram roubadas, estupradas e espancadas, até que uma delas morreu, na madrugada do dia 28. O relatório do IML aponta que ela foi morta por asfixia, com um golpe conhecido como ‘gravata’. A outra sobreviveu, mas continuou sendo abusada, mesmo com a amiga já sem vida”, detalhou o delegado.

Deixe uma resposta