Prefeitura quebra o ciclo e cancela o Forró Caju 2017

Na tarde desta quarta-feira, dia 14, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do ), chamou a imprensa sergipana para uma entrevista coletiva no Centro Administrativo Aloisio Campos (sede da prefeitura), para informar que não haveria o Forró Caju 2017.

Uma falha da sua equipe de transição, acompanhada da falta de planejamento da sua equipe atual de trabalho, pode ter sido alguns dos ingredientes para que não tenhamos a continuidade da festa junina que se tornou tradição nacional “Forró Caju”. Que neste ano de 2017, chegaria a 24ª Edição.

Na alegação do prefeito, seria a falta de uma certidão negativa junto a governo federal que na gestão passada ( prefeito João Alves), não teria cumprido as diretrizes estabelecidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que determina o investimento mínimo de 25% na Educação, Além disso, Edvaldo Nogueira teria dito que não iria usar recursos próprios para realização de festa, e deixar o servidor sem salários em dias e o povo sem remédios nos postos de saúde “esse tipo de irresponsabilidade não irei fazer”, diz o prefeito.

O prefeito disse ainda, que só foi notificado pelo Ministério da Educação do impedimento em receber recursos de emendas parlamentares no mês de maio. Mas, que mesmo assim, a administração municipal buscou o governo do Estado para receber a emenda de R$ 1,4 milhão e que lamentavelmente, não houve a condição de recepcionar o recurso.

O site Imprensa1 fica a imaginar:

Agora, será que antes de assumir a prefeitura a equipe de transição esqueceu-se de inspecionar ou verificar as pastas como: Educação, Saúde, Comunicação, Finanças e por ai vai…?

Será que a sua equipe de trabalho esqueceu que as empresas de Aracaju, Sergipe e de outros Estados brasileiros poderiam firmar PARCERIAS?  Que os ARTISTAS sergipanos não poderiam fazer bonito e deixar o Forró Caju mais autêntico em termos de tradição cultural/regional ?

A incompetência de sua equipe deixou o prefeito nos anais da história ruim. O de ter quebrado o ciclo da tradição, de não valorizar a prata da casa e o de ser o prefeito desorganizado. Afinal das contas, a sua equipe não sabe o que é tradição.

Por: Redação do site Imprensa1.

LEIA E VEJA FOTOS DO FORRÓ CAJU :

LINK 01

LINK 02 

LINK 03 

 

 

Deixe uma resposta