Projeto institui 22 de setembro como o Dia de Prevenção ao Uso de Drogas em Sergipe

Foi apresentado na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Projeto de Lei nº 223/2017, de autoria do deputado Georgeo Passos (PSC), instituindo 22 de setembro como o Dia de Prevenção ao Uso de Drogas no calendário oficial do Estado de Sergipe.

Na justificativa, Georgeo Passos explicou que a deficiência das políticas públicas de prevenção ao uso de drogas no Brasil acarreta o aumento significante de usuários de substâncias entorpecentes. “Isso gera diversos problemas de cunho social, como aumento de criminalidade, encarceramento, crise na saúde pública, bem como outras problemáticas”, ressalta acrescentando que no Brasil é rotineira a atribuição da série de problemas relacionados ao uso de drogas somente ao aumento da criminalidade, excluindo-se, as demais consequências trazidas por conta do uso de drogas ilícitas.

“Em razão disso é necessário que a crise instaurada por conta do aumento dos usuários de drogas seja vista de forma mais abrangente, a fim de que sejam apontados os reflexos sociais em decorrência do uso, bem como seja possível alinhar os estudos sociais interdisciplinares para que seja encontrada a causa raiz, que leva os indivíduos a se submeterem ao uso de entorpecentes ilícitos, no intuito de implementar políticas públicas de prevenção ao combate ás drogas”, afirma.

De acordo com ele, vale destacar que o caminho a ser trilhado para a obtenção do sucesso na luta contra as drogas deve se pautar nas políticas  de prevenção, ou seja, nas causas de origem que levam um indivíduo a ser  entregar a esse mundo.

“Diante da importância da imprescindibilidade de combate às drogas, que deve ser feita uma luta diária e contínua, refletindo diretamente na diminuição de diversas problemáticas sociais, é que propomos como forma de reforçar a necessidade de políticas públicas de prevenção, ao uso de drogas, reservar em nosso calendário oficial o dia 22 de setembro como o dia de Prevenção ao Uso de drogas”, completa lembrando que esta propositura se originou do apelo do cabo da Polícia Militar, Adiano Santana, o Cabo Didi, que tem como razão de vida, a luta incansável no combate às drogas, principalmente através da prevenção.

Por Agência de Notícias – #RedeAlese

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*