“Saída de Daniele Garcia da DEOTAP é um fato exclusivo da SSP”, diz governador Jackson Barreto

Na manhã desta quarta-feira, da 11, o governador Jackson Barreto, ao participar da solenidade da formação de novos soldados da Polícia Militar de Sergipe ( PM/SE), concedeu uma entrevista coletiva a imprensa para falar sobre o evento e outros assuntos, a exemplo da saída da delegada, Daniele Garcia do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) no último dia 04 de outubro deste ano.

De acordo com o governador Jackson Barreto, a exoneração da delegada Daniele Garcia, foi um fato exclusivo da Secretaria de Segurança que aconteceu na semana passada “ Não me cabe aqui comentar, porque o governador do Estado, nunca autorizou e nem mandou trocar qualquer delegado que seja, isso é um problema explicito e determinado e pela secretaria de segurança. Cabe ao secretário dentro das normas administrativas tirar delegado e botar delegado. Não é o governado, obrigado”, finaliza o governador Jackson Barreto.

Vale ressaltar que a delegada, sua equipe e mais dois delegados: Gabriel Nogueira e Nádia Flausino estavam responsáveis por um volume significativo de investigações contra: prefeitos, vereadores, empresas, pessoas influentes e até mesmo, um membro do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe ( TCE).

Que segundo a denúncia, apontava que um conselheiro do TCE  de Sergipe que não teve o seu nome revelado, foi acusado de ser o dono de uma construtora e de uma empresa prestadora de  serviços à prefeituras no estado.  O que não pode, por não ser compatível com o cargo de conselheiro do TCE.  As investigações não foram adiante devidas algumas situações que não foram reveladas pela delegada e nem membros de sua equipe.

Agora! O que chama a tenção é: se existia ou existe um volume significativo de processos e investigações em andamento, porque não houve mais nenhuma operação, prisão ou buscas e apreensões desde o dia 18 de abril de 2017, data da chegada de João Eloy como secretário de segurança pública e Katarina Feitosa, como Delegada Geral da SSP de Sergipe?

OUÇA A ENTREVISTA DO GOVERNADOR SOBRE ESSE ASSUNTO E OUTROS MAIS:

Será que é estranho? Mais de cinco meses sem nada, e povo cobrando e clamando: “ Cadê a Antidesmonte? As verbas de Subvenções da ALESE? As verbas indenizadoras da Câmara Municipal de Aracaju? As empresas fraudulentas? …Etc. Será que houve pedidos e bloqueios para que os trabalhos não andassem mais? Se a delegada não explicar, demonstra que não nada errado com a sua exoneração e do delegado Gabriel Nogueira.

O que não pode mesmo é a sociedade ficar sem informações concretas do que aconteceu ou do que está acontecendo. Por isso, nossa redação aguarda as devidas respostas e nos colocamos a disposição. E-mail ; contatoimprensa1.com@gmail.com

 

Por: Portal Imprensa1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*