Travesti é preso acusado de esconder menor desaparecido dentro de armário

No início da tarde desta quinta-feira, dia 08, os policiais civis da 6ª Delegacia Metropolitana ( 6ª DM), a realizaram a prisão temporária do travestí, Everton de Jesus Santos, de 31 anos, conhecido como “Lalinha”, acusado de ter sumido com um adolescente de 14 anos a cerca de oito dias e que por surpresa dos policias, o garoto estava escondido em uma armário, dentro da casa do acusado, na Rua G, nº93, Loteamento Recanto dos Pássaros, Bairro Rosa Elze, no município sergipano de São Cristóvão.

De acordo com informações de uma fonte do Portal Imprensa1, tudo começou quando os pais do adolescente prestaram um Boletim de Ocorrência (B.O) dia 31 de Janeiro de 2018, informando a polícia o sumisso do garoto que teria saído de casa as 16h e não retornou.

A mãe do jovem disse que o filho não era depressivo, mas andava com pessoas com comportamentos estranhos. Foi então, que aconteceram as investigações coordenadas pelo delegado Joel Ferreira, que com sua equipe fez a primeira averiguação na casa do acusado, mas sem sucesso. Pois, o jovem estava escondido no armário.

O travesti foi levado para delegacia e negou ter escondido o adolescente, só que a polícia insistiu nas investigações e chegou no filho de santo, Anthony Patrick Vieira da Silva, de 18 anos , que disse ao delegado que era companheiro da travesti  “Lalinha” , e revelou que o jovem estava escondido no armário.

Ao chegar na casa do travesti, o jovem estava na casa e disse que não queria voltar para casa por causa de algumas acusações e maus tratos.

Na delegacia, o garoto foi entregue aos pais e o travesti ficou preso, pois existem suspeitas que o mesmo pode ter tido algum tipo de contato sexual com o adolescente.

O Portal Imprensa1, entrevistou “Lalinha” que disse de forma exclusiva que é inocente e tudo não passa de invenção do pai do garoto. Acompanhe o vídeo:

Por: www.imprensa1.com

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*