Advogada Aline Fonseca promove em Aracaju workshop “Sou Compliance Officer”

Dois meses após a realização de um fórum que debateu o programa de Compliance em Aracaju, a advogada especialista no tema, Aline Fonseca Assunção Costa, volta a capital sergipana, desta vez para promover um workshop e aprofundar o assunto que interessa a profissionais de diversas categorias. A proposta é fomentar conhecimento, educação e cultura sobre a Lei Anticorrupção e a nova ferramenta de Compliance, ambas disponíveis para empresas e indústrias de Sergipe, inclusive do agronegócio. O treinamento tem carga de 18 horas e acontecerá de forma intensiva nos dias 28 e 29 de novembro, em Aracaju.

De acordo com a instrutora, o mercado de trabalho está com portas abertas para profissionais com formação em Compliance, inclusive a capital sergipana após a publicação da Lei Municipal 5.241/19 – a qual exige das empresas que têm contrato ou que desejam contratar com o município de Aracaju -, a apresentação do programa de Compliance. Aline Fonseca lembra que o prazo final para adequação da lei encerra no dia 28 de janeiro de 2020.

Especialista em Compliance Anticorrupção, a advogada informa que a média salarial de um profissional com formação em compliance varia de R$ 15 a R$ 20 mil reais mensais. “O nosso Workshop tem o objetivo de oferecer capacitação técnica para profissionais na função de Compliance Officer. Ao fim do curso eles estarão qualificados para conduzir o departamento de Compliance de qualquer empresa”, destaca.

Outra finalidade do workshop, segundo a instrutora é desenvolver conhecimento, debates e preparação técnica a respeito desta nova ferramenta que prevê o combate à corrupção nos contratos celebrados entre poder público e iniciativa privada. “Queremos desenvolver o senso crítico, a conscientização dos profissionais e da própria empresa, além de divulgar a importância de uma postura íntegra na iniciativa privada”, acrescentou.

Público-alvo

O público-alvo para trabalhar com Compliance é bastante variado. São eles: empresários e seus Conselhos Administrativos; profissionais com nível superior em Administração, Direito, Economia, Comércio Exterior, Ciências Contábeis ou áreas correlatas. Também estão inseridos os gerentes de RH e DP, respectivos estagiários, bem como servidores públicos municipais, além de quem atua na área do agronegócio.

Metodologia

O curso é totalmente presencial e terá recurso áudio-visual, como power point, músicas, dois episódios do seriado Suits da Netflix, dois vídeos do Youtube e dinâmicas de interação com o público. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (63) 9.8159-1185

Reprodução: www.imprensa1.com

Por Guilherme Fraga

Assessoria de Comunicação

Jornalista DRT-SE 1.102

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.