Bebê assassinado pelo pai é liberado pelo IML de Sergipe e sepultado em Coronel João Sá na Bahia

Foi liberado no final da tarde dessa terça-feira, dia 10, pelo Instituto de Medicina Legal (IML) o corpo do bebê, Samuel Santos Goes, de 4 meses, assassinado dentro de casa por espancamento na cabeça, promovido pelo próprio pai no município sergipano de Areia Branca. Levado para a cidade baiana de Coronel João Sá, para ser sepultado na manhã desta quarta-feira, dia 10.

ENTENDA O CASO :

Na madrugada desta terça-feira,  dia 09 , a morte de uma criança de quatro meses no município de Areia Branca chocou a população sergipana. O menino foi assassinado com pancadas na cabeça e seu corpo arremessado contra a parede,  onde o principal suspeito é o próprio  pai de nome, Douglas Raeli.

De acordo com uma FONTE do Portal Imprensa1, o pai do menino passou o feriado do dia 08 julho na casa mãe, bebendo o dia todo e no início  da madrugada pegou o filho e espancou até  a morte. Só  que o filho de oito anos  da amante, viu quando quando Douglas cometeu o crime e saiu de casa as escondidas.

A mulher que estava dormindo e quando acordou foi avisada pelo garoto  que seu irmãozinho  estava machucado e que tinha sido o namorado  dela, Douglas Reali. A mãe da criança, desesperada chamou a Polícia  Militar de Sergipe  ( PM/SE) que acionou o Instituto de Medicina Legal ( IML) e a perícia  técnica.

A genitora  da criança  de prenome Ana, ao chegar na delegacia  relatou que não  morava com Douglas,  porque ele era casado e a esposa não  podia ter filhos.  Ela quando soube que ele não  era solteiro, pediu  para terminarem o namoro, mas ele insistiu tanto que começaram a ter um relacionamento mais forte, e foi quando nasceu o bebê  indesejado por ele.

Ela, trabalhava em um bar no município sergipano de Itabaiana, mas  foi morar no município  de Areia Branca porque Douglas alugou uma casa e ainda dava para ajudar com as despensas  do dia-a-dia R$50,00 a R$100,00 Reais.

Homem está  sendo procurado pela polícia .

Foto: FONTE IMPRENSA1

Por: www.imprensa1.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.