Conferência Internacional de Segurança Viária em Brasília conta com a presença do Coronel Gilmar do GETAM de Sergipe

O comandante do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) da Polícia Militar, tenente-coronel Gilmar Santos Santana, participou da Conferência Internacional de Segurança Viária, representando o diretor do Detran-SE, Abner Melo. O evento promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) ocorreu entre os dias 7 e 8 de agosto, em Brasília.

Nesse período foram discutidos temas como a Segurança Viária Como Uma Prioridade para o Desenvolvimento Sustentável;

Segurança Viária no Brasil; Intervenções para a Segurança no Trânsito, entre outros assuntos relacionados com a Segurança Viária. Na oportunidade, também foram apresentados Painéis de Discussão que viabilizaram visões gerais de parcerias inovadoras, por meio de instrumentos legais e tecnologias que objetivam fortalecer as campanhas globais de segurança no trânsito.

De acordo com o tenente-coronel Gilmar, a conferência foi iniciada com a visita a Escola Vivencial de Trânsito – Transitolândia, do Parque Rodoviário do DER, em Sobradinho, Brasília. “O projeto é referência em educação para o trânsito voltado para crianças e adolescentes, buscando formar condutores cada vez mais comprometidos com a segurança viária,” afirmou.

Em um segundo momento, o comandante do Getam participou de uma mesa redonda em que foram debatidas políticas de intervenções para a segurança no trânsito. “Nesse momento foi possível estabelecer uma visão geral dos principais obstáculos para a promoção de políticas eficazes em segurança viária, apresentando exemplos concretos de soluções práticas para mitigar os fatores de risco existentes,” disse.

O tenente-coronel considerou que a participação na conferência internacional foi muito importante, não apenas para o Detran, como também para a PMSE. “Durante o evento foi possível analisar os problemas, e, sobretudo, as soluções para as atuais questões do trânsito nas grandes cidades, com foco na promoção da prevenção e redução dos acidentes, assim como na melhoria da qualidade de vida das pessoas. A nossa participação nos coloca na condição de agente multiplicador de todas as questões que foram abordadas nessa conferência”, concluiu.

A Conferência da ONU foi encerrada com o compartilhamento das principais carências dos países que apresentam problemas de segurança no trânsito e possíveis intervenções para alcançar mudanças no comportamento dos pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas. Dentro desse contexto, foram destacadas medidas mais eficazes de controle dos casos de alcoolemia dos condutores e dos crimes oriundos do uso do álcool. Ainda foram abordadas questões sobre o uso do celular por condutores, como fator decisivo para o aumento de acidentes.

Reprodução: www.imprensa1.com

Por: Ascom da SSP/SE

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.