Governador afirma que intransigência vai prejudicar dignidade do povo

Jackson AssembleiaDurante a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) na tarde dessa segunda-feira, 17, o governador Jackson Barreto (PMDB) voltou a fazer apelo para que se chegue a um consenso com relação ao Projeto Carnalita.  Para Jackson, a Carnalita é a oportunidade de acelera, a curto prazo, a economia sergipana trazendo benefícios reais para a população.

“Não permitamos que aconteça essa traição ao futuro da nossa juventude, se a intransigência não der lugar ao entendimento será a dignidade do nosso povo que estaremos desprezando”, revelou. O governador ressaltou que esse é o momento de colocar os interesses da sociedade em primeiro plano. “Se a classe política não for capaz de superar a intransigência, o povo de Sergipe pagará um alto preço por isso”, afirmou.  

Devido ao embate político entre as cidades se Capela e Japaratupa, de acordo com Jackson, o projeto corre o risco definitivamente de ser perdido se não for feito em tempo hábil. “Além disso, não teremos como explicar ao povo sergipano a perda de um investimento de R$ 4,5 bilhões e poderemos criar um clima de aversão a Sergipe entre investidores nacionais por não termos entendido as necessidades técnicas para a implantação do projeto”, frisou.

Jackson fez apelo aos deputados estaduais para que não permitam que picuinhas e intrigas políticas possam prejudicar o Estado. “Se não tivermos a grandeza de esquecermos outras motivações e colocar os interesses de Sergipe em primeiro plano, estaremos condenando o nosso povo e o privando de um grande desenvolvimento”, destacou.

Por Bruno Almeida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.