Greve Geral em Aracaju tem princípio de confusão em dois pontos

A Greve Geral organizada por movimentos populares e centrais sindicais transcorreu de forma tranquila no Estado nesta sexta-feira, 30. Em dois pontos houve principio de tumulto, por conta da intervenção da Polícia Militar, que cumpria determinação judicial para evitar bloqueios de vias.

Os rodoviários, apesar de  atender a determinação judicial para garantir a saída de 30% da frota, permaneceram nas garagens das empresas.

Os terminais de integração estavam vazios. Algumas lojas do centro comercial de Aracaju abriram as portas, mas a ação dos grevistas fez com que os donos fechassem os estabelecimentos.

No Bairro Porto Danta, a Força  Tática  do 5º BPM, conseguiu apreender vários  pneus e um vaso com  combustível  que  iria servir para intensificar as barricadas de Aracaju  e Nossa Senhora do Socorro. De acordo com Tenente R.Lima, as pessoas  detidas e os pneus foram levados para a Delegacia Plantonista Norte.

Na cabeceira  da ponte que liga Aracaju a Nossa Senhora do Socorro, pelos bairros Lamarão e Taiçoca (Conjunto  João  Alves) respectivamente , o clima foi tenso por volta das 6h da manhã. Tudo teria começado no momento  em que um trabalhador que estava pelo lado de Aracaju tentava chegar a sua casa no Município de Nossa Senhora do Socorro e teria se deparado com a manifestação em cima da ponte o impedindo de chegar em casa. Foi quando aconteceu o bate-boca e empurra, empurra e rapaz da moto foi ameaçado. A via foi liberada por volta das 10h da manhã.

A chegada do Tenente Fabio do 5ºBPM e sua equipe conseguiram contornar a situação e logo em seguida, o passeio que serve de calçada na ponte, foi liberado para as pessoas, motos e bicicletas.

Na Rodovia Marechal  Rondon, a princípio não  haveria queima de pneus mais em virtude de uma jovem ter sido derruba  pelo um motoqueiro , os manifestantes resolveram fazer uma barricada e como as labaredas de fogo eram grandes e o fogo ameaçava um posto de gasolina, o Corpo de Bombeiros  foi acionado para debelar o fogo. Mas, as 10h da manhã  a via foi liberada.

A Polícia Rodoviária Federal registrou 5 pontos de bloqueio nas rodovias que cortam o Estado. Foram 4 bloqueios na BR-101 e um na 235. Todos os bloqueios foram liberados por volta do meio dia, exceto o próximo a cidade de Maruim, que permaneceu até as 13h.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.