Militares montarão vigília em frente ao Palácio dos Despachos.

A Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise) realizou nesta quarta-feira, 05, a Assembleia Geral organizado pelas associações unidas. O encontro teve participação massiva dos policiais militares da ativa e da reserva, além de bombeiros militares. Entre as principais pautas discutidas estavam a Lei Complementar 310/2018, que garante aos profissionais integrados à reserva até 31 de março de 2018 o recebimento do salário correspondente ao posto seguinte, o reajuste salarial, além da reestruturação da carreira, auxílio-alimentação, Retae e regulamentação da carga horária.

“Temos sofrido inúmeras perdas. Há quase sete anos, estamos sem reposição inflacionária, o ticket-alimentação é de apenas R$ 8,00 e ainda existe a ameaça da Reforma da Previdência, que está por vir. Precisamos nos mobilizar para reivindicar nossos direitos”, disse no discurso de abertura da Assembleia o presidente da Assomise, coronel PM Adriano Reis. Ele aproveitou para cobrar também mais engajamento dos companheiros de farda. “Agora, mais do que nunca, precisamos de cada um de vocês nos nossos protestos, pois somente assim alcançaremos a vitória. Unidos seremos mais fortes”.

A assembleia ocorreu com a participação dos demais presidentes das associações militares e definiu as agendas para os dias 13/06 e 14/06. Os militares montarão vigília em frente ao Palácio dos Despachos.

 

Fonte: Assomise

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.