Suspeito de matar a esposa Ana Paula, Vitor Aragão ganha liberdade

Na manhã desta terça-feira, dia 09, a justiça sergipana através da 8ª Vara Criminal não aceitou o pedido da polícia em converter a prisão temporária em preventiva de Vitor Aragão da Silva, de 24 anos, suspeito de assassinar com golpes de mareta na cabeça da esposa, Ana Paula de Jesus Santos, de 26 anos , no final da noite do dia 11 de Maio de 2018, dentro da casa onde moravam localizada no bairro José Conrado de Araújo, zona Oeste der Aracaju. E através de um Habeas Corpus, mandou soltar Vitor.

O processo consiste em 400 páginas e foram ouvidas 70 pessoas e diante de um caso tão complexo e de grande repercussão, a delegada, Luciana Pereira,  pediu ao Tribunal de Justiça  de Sergipe (TJ)no dia 07 de julho, que a prisão temporária foi convertida em preventiva, mas foi negada diante a justificativa que o suspeito não oferecia perigo a sociedade e nem tão pouco as testemunhas.

De acordo com inquérito policial coordenado pela delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP), Luciana Pereira, o suspeito foi indiciado por feminicídio e diante das provas a polícia não tem nenhuma dúvida que ele é o principal suspeito, mesmo insistindo na versão que foram dois assaltantes que entraram na casa, pularam o muro e assassinaram a sua esposa. Mas, no trabalho pericial não foi constatado uma terceira pessoa na casa, caindo por terra a sua história contada em depoimento.

O processo consiste em 400 páginas e foram ouvidas 70 pessoas e diante de um caso tão complexo e de grande repercussão, a delegada pediu a justiça no dia 07 de julho, que a prisão temporária foi convertida em preventiva, mas foi negada diante a justificativa que o suspeito não oferecia perigo a sociedade e nem tão pouco as testemunhas.

No inicio da tarde desta terça-feira, dia 09, Vitor Aragão que estava preso na 1ª Delegacia Metropolitana em Aracaju,  foi posto em liberdade. Na sentença, o juiz Daniel Vasconcelos da A 8ª Vara Criminal de Aracaju, determina o cumprimento de monitoração eletrônica pelo prazo de 120 dias.

Entenda o caso:

Prisão :

DHPP de Sergipe dar voz de prisão ao marido de Ana Paula suspeito de matá-la com marretadas


CRIME :

Mulher é assassinada em Aracaju com marretada na cabeça enquanto dormia


VELORIO :

Corpo da jovem Ana Paula morta em assalto dentro de casa em Aracaju é sepultado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.