TRT20 determina frota minima do transporte coletivo durante greve geral desta sexta, 14

O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20) reconheceu a legalidade da Greve Geral agendada para esta sexta-fera,14, e autorizou a paralisação do transporte coletivo. Mas a decisão da Presidente do TRT20, Desembargadora Vilma Leite Machado, proferida na última quarta-feira, 12/06, determina que o Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Sergipe (SINTTRA) garanta que ao menos 40% do efetivo dos trabalhadores do transporte público coletivo de Aracaju e região metropolitana estejam prestando serviço à população nesta sexta-feira, 14/06, mesmo diante do indicativo de greve geral.

Ainda em sua decisão, a Desembargadora estipulou multa diária de R$ 50.000,00, em caso de descumprimento, a ser revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). No documento, não há menção sobre reconhecimento da legalidade da greve ou autorização da paralisação do transporte coletivo.

Fonte: TRT20

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.